15/01/2020 às 16h30min - Atualizada em 15/01/2020 às 16h30min

A única agência da cidade para o atendimento, funcionários dos Correios de VG entram em greve contra assédio

Da assessoria
Mídia News
Os funcionários da agência dos Correios de Várzea Grande entraram em greve na manhã desta quarta-feira (15) pedindo melhores condições de trabalho.
 
Sem a única agência na cidade funcionando, todas as postagens feitas em Várzea Grande serão afetadas.
 
Segundo o diretor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Mato Grosso (Sintect), Alexandre Aragão, os sete atendentes estariam sofrendo assédio moral por parte do gerente.
 
“A fim de aumentar a produtividade e não perder a mamata, o gerente da unidade vem cometendo assédio moral, tentando impedir os trabalhadores até mesmo de falar. Outro agravante é que faz constantes ameaças”, relatou em nota.
 
Aragão ainda revelou que os supostos abusos têm se intensificado desde quando as investigações do sindicato começaram, em novembro de 2019.
 
“Para piorar de vez a situação, nessa quarta-feira [o gerente] impediu três trabalhadores de exercerem suas funções, prejudicando toda população de Várzea Grande que busca os serviços dos Correios”, contou.
 
O sindicalista disse também que o serviço oferecido pela agência vem piorando por conta de uma tentativa de sucateamento para que os Correios sejam privatizados.
 
“É preciso esclarecer que não é culpa dos atendentes, que se empenham para prestar o melhor serviço para a sociedade. Ocorre que a empresa está sendo sucateada propositalmente para justificar a privatização. Com isso diminui a quantidade de atendentes no balcão e as filas só aumentam”, explicou.
 
Aragão informou que a empresa já foi notificada e também foi feito um pedido de negociação, mas até o momento o movimento grevista não obteve resposta.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp