19/11/2019 às 09h09min - Atualizada em 19/11/2019 às 09h09min

São 15 anos do projeto Rede Cidadã com 750 alunos matriculados em cinco cidades de MT

Governo de Mato Grosso

Com atividades voltadas para a inclusão de esporte, lazer e cultura na rotina de crianças e adolescentes da rede pública e em situação de vulnerabilidade social, o programa Rede Cidadã completa 15 anos de atuação em Mato Grosso. Atualmente, 750 estudantes, em cinco municípios, estão matriculados nas modalidades de pintura de tela, teatro, violão, coral, xadrez, futebol, handebol, futsal, basquete, capoeira, judô, vôlei, taekwondo e informática.

Nesta segunda-feira (18.11), na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT), foi realizada uma celebração pelo aniversário do Rede Cidadã, que foi fundada em 20 de outubro de 2004 por meio de um Termo de Cooperação entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

A idealizadora e coordenadora do programa Rede Cidadã, coronel PM Zózima Dias dos Santos, disse que a data é muito importante pelos avanços que já aconteceram, mas ainda há desafios para o trabalho de prevenção.

“A sensação é de vitória, mas não ainda de dever cumprido. Porque o dever cumprido só vai se concretizar quando a Rede Cidadã estiver com toda infraestrutura necessária de logística e de pessoal para que ela possa realmente desenvolver suas atividades como política de estado. Mas já é um avanço, pois chegamos aos 15 anos de existência com a estrutura e as parcerias que temos. Entendemos suprir toda nossa necessidade não é fácil, pois o Estado vivencia dificuldades em todos os segmentos. A Sesp tem dado apoio e por isso estamos aqui. A Secretaria de Educação também é nossa grande parceira”, enfatiza.

Além de Cuiabá e Várzea Grande, são contemplados pelo Rede Cidadã os municípios de Rondonópolis, Cáceres e Nova Olímpia. Durante a solenidade de aniversário, os estudantes que integram o programa fizeram apresentação de canto, violão, artes marciais e pintura em tela.
 

O assessor da Senasp, Carlos Augusto do Prado Bock, ressalta a importância do programa para proporcionar oportunidade para as crianças e adolescentes.

“É essencial buscar e resolver o problema da segurança pública se voltando ao segmento que é alvo das maiores causas da criminalidade violenta, que é a população jovem do nosso país. Uma grande satisfação para a Senasp verificar que depois de 15 anos, um projeto que teve um estímulo junto à Secretaria Nacional, Segurança Pública de Mato Grosso e a Polícia Militar verificar que se tornou um programa com raízes firmes e com uma perspectiva muito boa, mas que ainda precisa de atenção”, avalia.

Profissionais engajados

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes, disse que muito do resultado obtido pelo Rede se deve ao engajamento dos profissionais que desenvolvem o trabalho.

“Podemos perceber o quanto o Rede Cidadã evoluiu e isso é graças ao esforço de cada pessoa que atua dentro do programa. Vale ressaltar a importância da integração das forças de segurança e demais parceiros e poder comemorar esta data é motivo de orgulho para nós que integramos a segurança pública”, destaca.
 

Balanço

No período de 2015 a 2018, o programa atendeu cerca de 9.718 alunos. A realização do programa é resultado de uma soma de parcerias de órgãos do Estado, entre eles a Sesp, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg) e a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e demais parceiros.

O Rede Cidadã é formado por nove núcleos: administrativo, capacitação, comunitário, cultural, escolar, esportivo, psicossocial, pedagógico e social. A sede do programa está localizada na Avenida Dante Martins de Oliveira, bairro Planalto, em Cuiabá.

As atividades artísticas, culturais e esportivas são desenvolvidas de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h, sempre em turno diferente ao do ensino regular.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp