25/06/2020 às 10h03min - Atualizada em 25/06/2020 às 10h03min

Equipamentos hospitalares lacrados em ginásio geram dúvidas na população

Rcpress
Mídia de Hoje
Imagens de circulação das redes

Imagem que circula nas redes

 

Repercutiu muito nas redes sociais a informação de que equipamentos hospitalares, entre eles respiradores, estão estocados no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. Em áudio, uma pessoa não identificada aponta que os equipamentos seriam usados para a montagem de um hospital de campanha. "Mais de 200 macas e respiradores. Tudo pronto para fazer um hospital de campanha... Ele (governador) está esperando dar o colapso pra falar assim: ó, esse prefeito (Emanuel Pinheiro) não vale nada. (...). Eu vou montar a solução para o nosso estado (...). Mas é uma safadeza essa politicagem, né?"

A denúncia começou a circular no início da tarde de quarta-feira (24) e rapidamente virou o assunto mais comentado do dia.

À noite, o governo divulgou nota oficial negando que os equipamentos estocados no ginásio sejam para montagem de um hospital de campanha. "Serão destinados para as unidades hospitalares do Estado, na medida em que os leitos hospitalares ficarem prontos", traz a nota.

A explicação não convenceu e muita gente questionou o fato de o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, ter admitido a falta de respiradores em live na manhã de quarta-feira mesmo, ou seja, horas antes da nota. "Chegamos ao caos, o caos está estabelecido”. Segundo Figueiredo, não haverá leitos de UTIs, sejam eles públicos ou privados, para atender os casos graves de coronavírus.  

Ver aquele tanto de equipamento lá, neste cenário de caos, é pra deixar dúvida mesmo.

 

1

1

Imagem que circula nas redes

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp