13/06/2020 às 10h00min - Atualizada em 13/06/2020 às 10h00min

Fórmula 1 anuncia o cancelamento das etapas de Singapura, Azerbaijão e Japão

Rcpress
Globo Esporte
Daniel Ricciardo no GP do Japão de 2019 — Foto: Charles Coates/Getty Images

A Fórmula 1 divulgou, na madrugada desta sexta, mais uma atualização do seu calendário de 2020. A novidade fica por conta do cancelamento das etapas de Singapura, Azerbaijão e Japão por conta da pandemia do novo coronavírus. Marcado para o dia 5 de julho, o GP da Áustria segue como abertura da temporada.

+ F1: confira o calendário da temporada 2020

 

Prevista inicialmente para 7 de junho, a etapa do Azerbaijão havia sido adiada em um primeiro momento. Já os GPs de Singapura e Japão estavam agendados, respectivamente, para 20 de setembro e 11 de outubro na primeira versão do calendário.

No comunicado, a Fórmula 1 explicou que o motivo do cancelamento das corridas do Azerbaijão e de Singapura foi que ambos os países precisariam de um prazo maior para construir seus respectivos circuitos de rua. Já o Japão foi retirado do calendário por conta das suas medidas restritivas de viagens até o presente momento.

A F1 também informou que está confiante em realizar entre 15 e 18 corridas, quando a temporada terminar em Abu Dhabi, em meados de dezembro. Até o momento, a categoria divulgou apenas a primeira parte do seu calendário com oito etapas, sendo a oitava delas o GP de Monza, na Itália, no dia 6 de setembro.

Carlos Sainz, na McLaren, durante o GP do Azerbaijão — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Carlos Sainz, na McLaren, durante o GP do Azerbaijão — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Carlos Sainz, na McLaren, durante o GP do Azerbaijão — Foto: Mark Thompson/Getty Images

A F1 destacou ainda que tem mantido "diálogos estreitos com promotores e autoridades para continuar a monitorar os desenvolvimentos específicos e variáveis ​​da Covid-19 em cada país".

- Sempre garantiremos a segurança da comunidade de Fórmula 1 e os locais que visitarmos serão a nossa prioridade número 1 - disse a Fórmula 1 no comunicado.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp